meu escritório

my officeA última vez que tive um emprego foi há quase três anos atrás. Dentre as muitas coisas que me incomodavam, a principal era que os escritórios são em sua grande maioria absolutamente claustrofóbicos; tem o ar viciado, quase nenhuma janela e iluminação de farmácia. Claro que depois de sair do meu último emprego vi que existem muitas outras coisas nocivas; coisas com as quais nos acostumamos e que fazem com que a gente sempre associe trabalho com tudo que é negativo.
Demorei um bom tempo pra me acostumar trabalhando fazendo aquilo que realmente amo fazer, porque afinal se estou feliz decerto não estou trabalhando né?
Tudo errado.
Hoje faço questão de trabalhar do jeito que me sinto melhor, não só me rodeando das coisas que me fazem bem -plantas, muita luz natural, música, presentes de pessoas queridas, roupas confortáveis- como refiz todos os meus hábitos e jeito de trabalhar. Nada de comer correndo, ou pegar metrô lotado, trabalhar morrendo de cólicas ou trabalhar todas as horas em uma sequência só. No final da tarde costumo parar um pouco pra escutar os pássaros cantando, e faço alongamento quando o corpo começa a doer.
Tirei algumas fotos do meu escritório hoje pra mostrar pra vocês, e me senti a pessoa mais sortuda do mundo.

The last time I had a job was nearly three years ago. Amongst the many things that bothered me, the main is that most offices are so claustrophobic; they have no circulation of air, almost no windows and drugstore lighting. Of course that after leaving my last job I’ve realized there’s a greater deal of harmless things, things that we get used to and makes us associate working with all things negative.
It’s taken me quite a while to get used to working with what I love to do, because after all if I’m happy I’m definitely not working right?
All wrong.
Today I make sure to work the way I feel best, not only surrounding myself with things that make me feel good -plants, lots of natural light, music, gifts from loved friends, comfortable clothes – but also by redoing all of my methods of working and routine. No hurried meals, crowded transportation, working during cramps or working all of the hours in a single sequence. At the end of the day I stop to listen to the birds singing, and stretch whenever my body starts to give in.
I’ve taken some pictures of my “office” today to show you guys, and felt like the luckiest person on earth.


oi, primavera.
hello, spring.
o chefe, é claro.
the boss, of course.

 

5 pensamentos sobre “meu escritório

  1. >olha Thais, nunca tive dúvida do seu talento, ele é inquestionável. Agora eu não tenho a menor sombra de dúvidas que você é, de fato, uma pessoa muito da sortuda! Esse é sim o escritório ideal para boa parte das pessoas e um dia meu consultório será assim: aberto, com coisas agradáveis, bem à la Jung =D

  2. >Olá!Estou visitando teu blog pela primeira vez, por causa do Radar 55 e estou adorando!Esta coisa do ambiente legal para trabalhar é tudo! Como ser criativo sofrendo de claustrofobia? Um doce de lugar tens para estar!Nice boss you got!Abraços,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s