fantasmas

ghosts

A lembrança que eu tenho da ponte sobre o rio é de mais de dez anos atrás. Voltei no mesmo lugar há uns dois anos e onde ficava a barraca de lona foi montada uma grande empresa, com muitas janelas de vidro espelhado. Não sobraram tantas árvores em volta dela.
Não consigo imaginar como se chega lá, se pararam os trens e mandaram os fantasmas embora. Acho que as pessoas tem medo de fantasmas e sempre querem mandar eles embora porque no fundo sabem que um dia serão um fantasma também.

The memory I have from the bridge over the river is from over ten years ago. I went back to that same spot a couple of years ago, and where the camping tent used to be now lies a big company, with many reflective glass windows. There aren’t many trees left around either.
I can’t begin to imagine how you’d get there, once the trains have stopped and the ghosts have been sent away.
I think people are afraid of ghosts and always want to send them away because deep inside they know that one day they will be a ghost too.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s