dona morte, uma grande influência

Dona Morte, a great influence

Nos anos 80 eu lia muito a Turma da Mônica, e a minha parte preferida do gibi era a da Turma do Penadinho. Dentre outras relíquias a minha mãe também me trouxe a história da Caveira Desengonçada, que eu fiz quando tinha uns 7 anos. Eu gosto de pensar numa caveira que fica vagando pelo mundo no limbo entre a vida e a eternidade, e que faz isso da pior maneira possível. Qualquer semelhança com a Dona Morte não é mera coincidência, e começo a achar que o Maurício de Souza me ajudou a aprender a apreciar isso que nos rodeia todos os dias, que a gente finge que não é com a gente e tem medo de dar nome, mas o fato é que tudo morre, a cada minuto. Como já dizia Sêneca, “Qualquer tempo que já passou pertence à morte.”

In the 80’s I used to read Turma da Mônica (“Mônica’s Bunch”) a lot, and my favorite part of the comic book was the Turma do Penadinho (something like “The Little Punished Soul Bunch”). Among other rarities, my mom brought me the story of the Clumsy Skeleton that I made up when I was around 7. I like the idea of a skeleton wandering the world in limbo between life and eternity, and doing that in the worst possible way. Any resemblance to Dona Morte (“Mrs. Death” character) is not mere coincidence, and I begin to think that Maurício de Souza (the comic book creator) has helped me to learn to appreciate that which surrounds us every day, which we pretend not to have anything to do with it, which we’re afraid to name, but the fact is that everything dies, each minute. As Seneca used to say, “any time passed belongs to death.”

2 pensamentos sobre “dona morte, uma grande influência

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s